Rádio Rosas da Boa Vista

Stream status

Visitantes

Vídeos favoritos

Loading...

Meu blog

Saturday, April 04, 2009



poema de cordel)

CHE, PRESENTE!
Gilson Silva - 26/07/01

Vou contar sem receio agora
A história de um cara
Que encantou o planeta.
Já beirava a madrugada
Quando a bela Sierra Maestra
Avistou sua boina preta.

Era um cara muito arretado
Fala mansa e a fiada
Cara cheia de barba rala.
Veio no seu cavalo alado
Conquistar uma medalha
Por livrar Cuba a bala.

Médico de mão cheia
Que queria curar o mundo
Da peste, desse tal capitalismo.
Eita! que cabra de peia.
Não temia nada, encarava tudo
Amara o socialismo.

Argentino, internacionalista
Menino tranqüilo, futurista,
Guerrilheiro comunista
Boa pinta, castrista,
Marxista, estava na cara.

Foi a selva catar sonho
A vidraça quebrou a pedra
As asas lhe descolou.
Foi um tombo medonho
Que tremeu toda América
E o mundo se indignou

Chorou velho e criança
Cuba, chorou inteira
Pelas beiras o mundo também.
Se não me falha a lembrança
Só não chorei a noite inteira
Porque era criança brasileira.

Foram ianques que mataram
Longe da selva de pedra
Em emboscada covarde.
Hoje, ontem e sempre
Pra Ernesto Che Guevara
Diremos em coro, presente!!!

No comments: